entrevista a Víctor Manuel Guzmán

martes, 30 de agosto de 2016

APRENDER A MIRAR


Se trataba de un monarca muy espiritual. Era un hombre profundamente místico y no se encuadraba con ningún credo religioso en particular. No quería morir sin dejar, como recuerdo de su espiritualidad, una gran escultura con un mensaje metafísico. Llamó a un afamado escultor y le explico: "Amigo mío, quiero que hagas una escultura con sentido espiritual, pero que no represente a una religión en particular".

Durante meses el escultor trabajó pacientemente. Hizo la escultura de un rostro de inefable hermosura. La escultura se situó en un santuario que se edificó también a tal fin. El monarca, satisfecho, inauguró el santuario. En días sucesivos tuvo noticias de que en el santuario se originaban grandes disputas y que había no sólo gritos e insultos, sino incluso heridos graves.

- "¿Por qué? - preguntó el monarca.

Y uno de sus ministros le explicó: Señor, llegan los cristianos y aseguran que la escultura representa a Jesús, llegan los hindúes y dicen que es Krishna, llegan los sikhs y dicen que es Guru Nanak, llegan los jainas y dicen que es Mahavir, llegan los budistas y dicen que Gautama el Buda, y luego todos comienzan a reñir, gritarse, increparse y golpearse.
El monarca se sintió apesadumbrado.

-¡Que destruyan la escultura!-- ordenó.. No son capaces de ver lo que está más allá de la escultura, porque no son capaces de ver más allá de sus cejas.


El Maestro dice: Por cualquier lado que accedas al agua del estanque, el agua es la misma. El apego a ideologías y dogmas ha originado ríos de sangre en este planeta.

lunes, 13 de enero de 2014

RENACER


Sua presença encheu minha alma etérea
fazendo-me esquecer todos os vestígios do passado
  e hoje você é o templo do meu mundo invisível
sono e vigília das minhas fantasias e realidades

Hoje sua alma é o arquiteto do meu universo incessante
Pinup como o material de que fez meus sonhos
Eu levo seu mistérios mais sublimes e Molhados
que, como águas sagradas purifica-me
e sonho de se tornar o coração poderoso
e alumbrarme com o fogo olímpico de amor


martes, 3 de diciembre de 2013

O INFINITO UNIVERSO




Minha mente está em harmonia com teu universo
Teu corpo acompanha o meu universo
Tu e eu somos um único universo

Tradução: Rachel Omena Rocha



sábado, 16 de noviembre de 2013

FOME





Seu corpo nu emite gemidos
do amor e do fogo como uma reivindicação
para que visite o lugar do teu mundo
mais cobiçado que concilia
em diálogo a linguagem do sexo
que nos condena à uma prisão perpétua
de delírio e de fusão

Tradução: Rachel Omena Rocha



viernes, 6 de septiembre de 2013

INQUILINO DE AMOR


Você, que preserva a memória ea alma do tempo
por ser o portador da luz
  que ilumina o conhecimento secreto
  e amor proibido de aprender
Eu peço que você mantenha em sua memória minhas paixões
  impregnado luz que irradia para o seu corpo
penetrando profundamente em suas áreas
para baixo a sua alma
e permanecer como um inquilino de seu mundo mental



martes, 6 de agosto de 2013

PAIXÃO ARRASADORA



Você é uma barragem que contém
 o meu oceano de paixões
 mas é suficiente uma pequena abertura
 para que a pressão da minha sensibilidade
 inundadas com vigor este profundo túnel
 que leva para o sonho dos sonhos
 ao lugar sem tempo onde nada se move,
 mas não pára,
 mas a mudança é a eterna mutação
da aprendizagem do passado
 desafio do presente






lunes, 24 de junio de 2013

ESPLORAÇÃO DO UNICÓRNIO DE TEU MUNDO




Eu sou o unicórnio que vem a para beber
Nns fontes misteriosas fontes de teu sagrado sexo
em cujo abismo se oculta
na calidez do desejo
nua magem faz que minha alma escape de sua morada
para penetrar nas regiões solares
de sua mágica pele marcada de milagres
onde me alimento de tua divina luz
provocando o êxtase de elevar-me ao céu.
 
Tradução: Rachel Omena Rocha
 
 
 
 

jueves, 23 de mayo de 2013

ESPELHO SEM REFLEXO




A beleza se regozija contigo
já que brilhas como uma estrela no éter
por ser extenção na terra
altura no céu
profundidade no mar
energia na minha matéria
onde iluminas  os lugares
 do meu espaço e tempo.
És vida porque você o criou
És fogo porque  queimas
nas moléculas da minha paixão
que excitam meus sentidos
  até alcançarte e penetrar
em seus  abismos celestiais
morada dos deuses
e criadora da eternidade

Tradução: Rachel Omena Rocha




sábado, 11 de mayo de 2013

POSSIBILIDADES DO AMOR



O amor tem usurpado as dimensões
ilimitadas da esperança
que salva o arcano seus desejos e
as suas memórias que ramo de os
labirintos da límpida solidão

Essa solidão tem consumido a loucura e a morte do amor
até perder-se no sonho dos delirios
da escuridão que invadem aos deficientes
recinto que como areia dos sonhos
evocam a memória de sua vida

Tradução: Rachel Omena Rocha