lunes, 30 de abril de 2012

ESCRITÓRIO DOS SONHOS



Quero aceder aos teus fechos
e recônditos proibidos,
para chegar ao culto do sangue e do fogo,
e me nutrir do teu vinho de prazer que embriaga;
do mel do desejo que sacia
e nos leva a possibilidade infinita,
de nos amarmos –
em frenesi de encanto...


Traducción
Soaroir Maria de Campos

4 comentarios:

Evanir dijo...

Meu Amigo Poeta.
Lindos poemas para quem adora poesia como eu estou no blog certo .
Venho desejar uma linda semana um feliz feriado.
Beijos e beijos meus.
Evanir.

Soaroir de Campos dijo...

Em qualquer idioma sua poesia não tem rival. Abraço e bom fim de semana.

MAR dijo...

Bellisimo.
mar

BRISA dijo...

Boa Tarde
Parabéns pelo maravilhoso poema.Um feliz fim de semana. Com carinho.
Ana Brisa