jueves, 28 de enero de 2010

PROFESSORA ARTEMISIA DO AMOR


Você é a professora de teu próprio eu
a deusa Artemísia que sustenta
o capitel do templo do amor que olha o mar
onde os cegos de tua paixão
caminham à deriva pela praia do desejo
incapazes de resistir a tua formosura e tua tentação
Dali, te rezam, declamam preces
para alcançarem o caminho que chegará em teu amor
e poder purificar-se nas águas que afloram
desde o lago profundo de teu ser
para serem depurados e adquirirem consciencia
de ser possuidores do segredo da vida eterna.


MAESTRA ARTEMISA DEL AMOR

Tu eres la maestra de tu propio yo
la diosa Artemisa que sostiene
el capitel del templo del amor que mira al mar
donde los ciegos de tu pasión
caminan a la deriva por la playa del deseo
incapaces de resistir a tu hermosura a tu tentación
Desde allí te rezan declaman plegarias
para alcanzar el camino que llegará a tu amor
y poder purificarse en las aguas que afloran
desde el lago profundo de tu ser
para ser depurados y adquirir conciencia
de ser poseedores del secreto de la vida eterna

2 comentarios:

Maria Flor! dijo...

Adorei!
Belo...
Meus aplausos.

Beijos Doces

Maria Wanderlei -São Paulo dijo...

Estes mitos de mitologias gregas não condiz com a personalidade de suas poesias,logo são contos feios e inacabaveis já que a realidade é outra e as mulheres não são artemisias,porque se assim elas fosem o sobraria para os homens??? Fim dos homens e isto é muito feio.
Muito me desagradou e sei que a muitas mulheres também.

Um abraço